Casos revoltantes

Atualizado: 11 de mar.

Dois casos revoltaram a população de Rio Claro logo no começo do ano. Em um deles, o responsável ainda não foi encontrado.



No dia 4 de janeiro o DPA resgatou um cachorro com sinais de queimadura (possivelmente por óleo) e costela quebrada no bairro Estádio, em Rio Claro. Atualmente ele se encontra aos cuidados do município e, apesar dos esforços, até o momento não foi identificado o responsável pelo animal ou pelo crime cometido. Já o segundo caso teve início em 22 de janeiro, quando a ONG Anjos de Focinho resgatou um Shih Tzu em extrema situação de maus-tratos. O cachorro, de nome Jack, perdeu um olho por estar repleto de larvas, além de testar positivo para cinomose entre outras patologias. Nesse caso, a tutora foi encontrada e multada em R$ 48.000,00. Até o fechamento desse informativo, Jack está lutando para sobreviver. Doações para o Jack podem ser tratadas diretamente com a ONG Anjos de Focinho. Situações como essas desorientam nossa razão, mas nos dão forças para lutar cada vez mais por aqueles que precisam de nós. Lembre-se sempre que em Rio Claro existe o Código de Proteção Animal – Lei 5.291. E também a Patrulha de Proteção Animal da GCM. Se você souber de qual-quer situação envolvendo maus-tratos a animais, ligue para 153!


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo